sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Lançado livro "Cérebro e Ideologia"


Leia o prefácio e apresentação clicando aqui.

Um comentário:

  1. Amei ler a apresentação e prefácio do livro "Cérebro e Ideologia", professor!

    Nunca parei para refletir, por exemplo, o implícito em aceitar as estásticas tidas por científicas que afirmam que um canhoto vive 7 anos a menos que um destro, como se a validade da vida fosse determinada pelo lado "mais usado" do cérebro. Ou que por eu ser destra, o meu cérebro do lado esquerdo é que coordena meus movimentos, e eu por algumas vezes querer ser poeta, fico na dúvida do meu sentimentalismo no lado direito... rs

    Fez me questionar ainda mais a medicina que oferece como receita para o preenchimento do vazio existencial as pílulas para se alcançar a "cura" com dependência eterna.

    O pior foi lembrar, a partir disso, a atividade de uns jornalistas medíocres que escrevem livros para legetimizar tudo isso: "Eu tomo antidepressivo, graças a Deus". Aparece um negócio desses com espaço comprado na mídia em horário nobre, contribuindo para o adoecimento social...

    Ainda bem que alguns podem adquirir alternativas com criticidade! O livro "Cérebro e Ideologia" realmente aborda uma temática muito interessante e que deixou-me muito estimulada a saber!

    Parabéns, professor! Obrigada por me incentivar na minha empreitada intelectual!
    Abraços!

    ResponderExcluir